Meu erro recorrente...

     Fala pessoal, tudo bem? 

    Espero que sim.

    Ontem após dois meses postei uma mini-atualização sobre minha situação financeira e se fosse parar pra analisar, confesso que gostei bastante do resultado. Após um período conturbado da pandemia e pouco tempo de investimento consegui mais que dobrar meu capital inicial.

    Mesmo assim, ainda existe um erro recorrente de toda a minha trajetória que é o fato da maior parte das vezes estar posicionado na ponta de usuário de um serviço/coisa e apenas trabalhar.

    Acho que ficou um pouco estranho, então vou falar de maneira mais clara. Minhas fontes de renda são principalmente o trabalho, no qual eu troco pelo meu tempo e que é limitado não por mim, mas pelo meu empregador: o Estado.

    O fato é que pouquíssimas pessoas estão do outro lado da moeda ou fazem além do trabalho. Criar, vender, empreender, geralmente é coisa que o patrão faz e adivinhe quem está rico ?

É preciso ir além... 

    
    Na maior parte do tempo eu e a grande maioria estamos usufruindo de serviços ou comprando coisas. Quanto tempo nós perdemos assistindo vídeos no YouTube ? Quanto tempo nós perdemos no Instagram? Ou até mesmo nos Blogs ? E quando passamos isso para o consumo, Qual foi sua última compra no mês ? Uma roupa? um presente? E viagens, você tem feito ? ou até mesmo um cinema? Qual foi sua última experiência?
    Perceba que na maior parte das vezes estamos consumindo desenfreadamente. Perdemos minutos, horas, dias, meses e anos consumindo vídeos educacionais ou divertidos e isso não tem nos levado a lugar algum. Trabalhamos e acreditamos que isso é suficiente para ter uma vida rica e confortável, mas a verdade é que não, isso não é suficiente.
   Criamos uma condição em nossa mente desde sempre, onde estudamos 5 horas por dia e o restante do tempo utilizamos para diversão. Passamos para a vida adulta e trabalhar 8 horas por dia já é exaustivo e o resto do tempo queremos descansar e usufruir do nosso trabalho, adquirindo coisas ou serviços.
    Precisamos ter projetos, fazer coisas diferentes que não seja o consumo. Criar um blog, um canal no YouTube, vender no mercado livre, aprender uma nova profissão, fazer um livro, criar um curso, investir melhor, empreender. Tudo isso que eu disse, pode ser uma saída para a riqueza.
    Então esse ano, o que eu mais quero é criar. É fazer acontecer e ter uma vida que de fato seja confortável. Estou com meus 32 anos e em uma forma física deplorável. Quero melhorar meu corpo, minha mente e evoluir nos meus projetos.
    Espero que vocês reflitam e que de alguma forma sejam incetivados a serem pessoas melhores.

Um grande abraço a todos.
Rumo a IF!

Comentários

  1. Concordo com a sua reflexão, criar da um sentimento de realização sem igual, vale a pena tentar ou falhar tentando, boa sorte! No ano passado criei algumas coisinhas mas saí no meio, mas fiquei feliz por ter tentado e tá lá, prova viva que eu tentei e posso voltar a tentar quando quiser.

    Boa sorte na suas criações rsrs

    Abçs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Escola para Investidores, espero que continue com seus projetos.
      Grade abraço!

      Excluir
  2. É isso aí, eu também estou nessa situação, tentado empreender nas horas vagas, ano passado até fiz um ebook e coloquei a venda no hotmart, só pra ver o que dava, e vendeu alguns exemplares, foi uma experiência interessante, estou pensando em no futuro escrever mais ou mesmo focar no blog, pode acabar virando uma fonte de renda extra interessante.

    Abs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala Bilionário!
      A plataforma hotmat é muito interessante, mas é um tanto quanto difícil. Tem todo um negócio de marketing digital envolvido por trás, copywriting que engaje enfim, tem que praticamente aprender uma outra profissão. Mas se pegar o jeito, o sucesso é certo também.
      Fazer mais que o normal é o caminho pra ter resultados acima da média.
      Grande abraço

      Excluir
  3. Renda ativa é sempre o caminho mais rápido pra IF, além de ser um "seguro" se algo der errado - afinal, você saberá fazer dinheiro de várias formas distintas.
    Nada disso, porém, importa sem saúde.
    Estarei na torcida para sua melhora de forma física e por novos empreendimentos - no mínimo aprendizados - em 2021.
    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pelos votos de apoio Aposente Cedo!
      Grande abraço !

      Excluir
  4. Excelente reflexão, Rumo a IF! Valeu por compartilhar!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu que agradeço a visita ao meu blog !
      Grande abraço !

      Excluir
  5. Ótimo Reflexão.. Já tinha ouvido falar sobre isso pelo Buyandholdbrasil no Insta.

    Ele disse que 99% dos influencers que estão no Insta, estão lá para nos vender alguma coisa.. e percebi que isso é um FATO! Os caras ficam o dia todo produzindo conteúdo como uma forma de isca para vender seu curso.

    E isso faz nós perdermos tempo e não produzir no que realmente importa (Trabalho, Serviço, Esporte, familia)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu concordo com ele, precisamos focar e priozar as coisas importantes primeiro.
      Grande abraço!

      Excluir

Postar um comentário